Painel Marabá

SEGUNDA CIDADE A SEDIAR a produção do painel público por cinco dos dez finalistas do Arte em Cores, entre 16 e 19/12/2020, Marabá (PA) tem suas origens cercadas por lendas e histórias distintas. A mais conhecida delas explica que o nome da cidade, em Tupi-Guarani, deriva da miscigenação étnica e cultural produzida pela convivência entre bandeirantes, indígenas e missionários. Mas há quem sustente que Marabá também foi um espírito protetor dos animais, venerado pelos nativos daquelas terras.

Painel Marabá

Inspirados nessa história, seus autores batizaram de “Mata Mística” o painel coletivo estampado no Viaduto 1, folha 26, da Rodovia Transamazônica. Essa ressignificação da natureza e da diversidade cultural da região é também um resgate da memória coletiva local.

Os(as) autores(as) são: Denis Costa (Canaã dos Carajás), Eva Wendy (Parauapebas), Iramar Art (Parauapebas), Mayara Lee (Marabá) e Rod77 (Parauapebas)